1 de julho de 2012

Fim de domingo

A tarde vai chegando ao fim na cidade. Uma tarde bonita, com céu sem nuvens e cores formando gradientes, pipas e aviões passando ao longe, sons diversos de diversas vidas que estão tendo o seu momento de descanso num final de domingo. Da janela do quarto a paz é quase pálpavel. Uma tranquilidade sem igual é notada como se naquele momento todas as criaturas do mundo estivessem felizes. E talvez estejam.

6 comentários:

Ariana Luz disse...

E olha que os domingos nem sempre trazem tranquilidade, mas que seja! viver é isso, um diazão lindo em plena segnda-feira acompanhado do estranhamento da triste sexta solitária.

:)

Flores, moça.

Jaya Magalhães disse...

Talvez estejamos, Manda. Acho mesmo é que estou.

Um beijo.

Caroline Muniz disse...

Adorei tanto o antigo, quanto este ! Você tem um ótimo relacionamento com as palavras !

Visitaria o meu e daria sua opinião ? Ficarei grata !

Carolinemuuniz.blogspot.com

Margarida Rodrigues disse...

Aprecio bastante o seu blog e os seus posts. Sempre que posso tenho visitado o mesmo e delicio-me com o que escreve. Até coloquei na barra de favoritos :)

Espero que continue com o bom trabalho.

Cumprimentos

Margarida Fonseca Dias

www.brandleaderemaildatabases.com

D FSouzza disse...

Adorei ambos espaços.

meusertaopoetico.blogspot.com.br disse...

Parabéns pelo espaço, é lindo e maravilhoso. Os textos são excelentes, puro sentimento oriunda de uma bela inspiração, como as belas tardes de domingo, repletas de paz, sobretudo quando estamos no campo. Vou te seguir, pois amei o que vi e li. Beijos carinhosos